sexta-feira, 29 de julho de 2011

Arte-expressa

Há pessoas de mais exibindo seus ideais deixando explicito seus gostos e objetivos. São claras até mesmo quando querem sugerir algo. Seus padrões definem autoconfiança e equilíbrio, são eloqüentes e muito discursivas; Sabem que toda arte é uma expressão, mas para elas a expressão é substituível. É fato que aqueles que mais dizem o que querem, hoje querem algo, amanhã querem outra coisa.
Há aqueles que alguns chamam de inexpressivos, não é ausência de expressão, apenas não conseguiram definir o que querem transmitir, esses sabem que a arte é uma descoberta, são pessoas que podem mostrar as coisas mais verdadeiras e sinceras, por que buscaram e desvendaram o que sentiam.
Há pessoas que expressam o subjetivo, é apenas o eu na sua forma mais individual possível, não podemos chamá-los de egoístas. Mas talvez de corajosos, por saberem que mesmo mostrando, é algo que ninguém entende; É como estar diante dos olhos sem ser visto, mesmo assim, não desistir de ser percebido.
Ah, mas honestamente, independente do que estiver explicito na arte, se nela não existir algo “implícito” ela será apenas bela, o amor está nas coisas “implícitas”, que se você olhar no dicionário verá: Implícito é o que está totalmente envolvido, mesmo não expresso claramente.

Tom Aiko

2 comentários:

  1. Hmmm... Quando li o post deu a impressão que estava lendo o começo de um livro... Gostei dessa postagem! XD

    ResponderExcluir